Translate

domingo, 20 de setembro de 2015

Como fazer a limpeza de livros velhos que chegaram para a coleção agora.

Um grande problema de que adquire livros em sebos ou em feiras de troca é a questão da higiene desses livros. Eu tenho esse habito, e muitas vezes acabava ficando sem saber o que fazer. Os livros em sua maioria estava "tossindo " pó, continham sujidades ( restos de comida, marcas de dedo sujo...) e eu ficava com receio de  tentar melhorar e acabar estragando ainda mais.

Dei uma pesquisada a respeito, mas só tive confiança para de fato cuidar desses livros depois de um curso que realizei para o estágio da universidade. Nesse curso, entre outras coisas, aprendi um pouco sobre como lidar com os livros antigos para deixa-lo mais utilizáveis. Vou tentar então escrever um passo a passo resumido desse processo. Qualquer duvida com realação a ele fiquem a vontade para perguntar.

Vele ainda ressaltar que esse processo tão longo só é utilizado para livros mais antigos, que já forma expostos por mais tempo ao pó e a ao manuseio, o procedimento de limpeza rotineira dos livros é outro, mais simples, e que pode ser realizado em bem menos tempo, dependendo das condições em que você  armazena sua coleção.






Preparando o ambiente e o material necessário :


  • De preferencia não realize a limpeza dos livros no mesmo lugar em que você mantem a sua coleção.
  • Utilize uma mesa limpa com álcool para realizar o processo de limpeza
  • Utilizando uma cartolina branca, podemos formar uma espécie de "capela de higienização" o objetivo é impedir que o pó e a sujeira removidos acabem parando no ambiente. É bem simples, colocando a cartolina na horizontal, dobre a parte superior até vincar e depois levante formando uma aba como a da foto,realize a  limpeza sobre a cartolina;
  • Envolva a parte metálica da trincha com fita adesiva de maneira a cobri-lá totalmente. Isso é necessário por que essa parte metálica pode ocasionar rasgos no livro, além de transmitir ferrugem. A Trincha deve ficar dessa forma :
  • Prepare uma mistura de álcool( 50%) e Agua ( 50%) para realizar a limpeza da capa. Eu costumo utilizar o próprio vidro do álcool para realizar essa mistura e depois  ainda dá para aproveita-la para limpar as estantes ;)
  • Utilizando um ralador comum ( de preferencia novo é claro ) rale a borracha branca macia  ( daquelas mais baratinhas mesmo) no lado mais fino do ralador, de maneira a obter o pó de borracha para a limpeza de sujidade. Existe no mercado pó de borracha pronto, já ralado, mas é caro e eu acho que não compensa, prefiro gastar com livros. Depois de ralado o pó pode ser usado solto em movimentos circulares ou em uma pequena trouxinha de gaze, para as folhas mais fragilizadas
Limpando o corte

  • O primeiro passo, nos casos mais extremos, onde a poeira é visível nos contes do livros, é lixa-los utilizando uma lixa d'agua. Primeiro você deve proteger a capa com uma folha sulfite, depois segurando bem firme o livro fechado ( se não segurar firme pode acabar abrindo e isso pode causar rasgos) lixar sempre em um mesmo sentido - de cima para baixo, de dentro para fora o corte do livro. Isso vai ajudar a remover qualquer sujeira ou poeira que tenha se acumulado.


  • Em seguida, segurando o livro na mesma posição, você deve passar a trincha - também de cima para baixo, de dentro para fora - para remover o pó que a lixa soltou.
  • Para garantir que nenhum resíduo da lixa tenha ficado no livro ( o acumulo de resíduo de borracha ou lixa pode acelerar a degradação do livro com o tempo, por isso é muito importante garantir que todo o excesso seja removido) utilize uma flanela branca sempre no mesmo sentido.
Limpando a parte interna do livro : 
  • As 10  primeiras e as 10 ultimas folhas dos livros são as mais afetadas e a folha de rosto é a principal afetada pelo manuseio e pelo tempo. Então se você não tiver tempo ou paciência realize o processo de limpeza apenas nessas páginas;
  • Com a trincha, realizando movimento de baixo para cima, e sem realizar o processo inverso ( ou seja faça movimentos unicamente de baixo para cima e remova a trincha na volta, o movimento de vai e vem pode rasgar a folha, além de espalhar a poeira ) remova a poeira acumulada. Passe a trincha no vão entre as folhas ( encadernação);
  • Remova grampos, clipes e folhas de anotação soltas dentro do livro ( elas podem transmitir acidez e deixar uma marca  no lugar onde estão);
  • Em seguida analise a página em busca de sujidades( como restos de comida) e marcas ( como poeira que não saiu com a trincha);
  • As sujidades mais espeças ou as marcas de ferrugem causadas por clipes e grampos  podem ser removidas com um bisturi ou na falta de um com um estilete. É importante remover as marcas de ferrugem e ou cola, pois elas passam para as outras folhas com o tempo. Não com a ponta mas com a lateral do bisturi raspe a sujeira até que ela não esteja mais em relevo, finalize o processo com a borracha ou o lápis borracha;
  • As outras sujeiras podem ser removidas com a borracha (sempre em movimentos circulares, nunca em vai e vem ) com o lápis borracha( entre as linhas por exemplo) ou com o pó/trouxinha de pó de borracha ( no caso de livros fragilizados que poderiam acabar rasgando se você utilizasse a borracha/lápis borracha);

  • remova o pó de borracha completamente utilizando a trincha
  • Em seguida passe a flanela branca para finalizar o processo ;


  • Oxigene todas as páginas do livro folheando-o na horizontal, isso garante que a poeira e qualquer coisa que esteja no meio dele saia;
  • Utilize uma espátula para desamassar orelhas e dobras.

Limpando a capa :
  • No caso de capas que possuem um revestimento plástico ( a maioria das novas, ou aquelas antigas, tipo as da editora abril, que imitavam coro) é possível passar uma flanela branca, bem torcida, com a mistura de álcool e água, é incrível a sujeira que sai. Caso você não tenha certeza se essa capa vai reagir bem a mistura de álcool e água, teste um canto pequeno da capa e em seguida aplique no restante. Depois de limpo, passe uma outra flanela seca para que não reste nenhuma umidade. Parece besteira utilizar um pano úmido em livro, mas funciona bem eu fiquei bem surpresa.
  • Em capas de pano ou papel simples passe apenas uma flanela branca seca.

Podem ser utilizados no processo :

  • Um pincel do tipo trincha  de 2 polegadas ( lojas de matérias de construção /pintura vendem, o meu é da marca Tigre, os da Atlas também são bons)
  • Duas flanelas brancas
  • Fita adesiva
  • Lixa d'agua ( numeração entre 150 e no máximo 240, você também encontra em lojas de materiais de construção)
  • Borracha branca
  • Álcool
  • Espátula ( pode ser aquela de misturar produtos utilizada em salão)
  • Bisturi ( pode ser encontrado em lojas de produto médico e não são tão caros , aqui saiu por R$13) ou/e estilete
  • Gaze
  • Barbante
  • Ralador
  • Cartolina Branca
  • Folhas de sulfite ou papel rascunho
  • Lápis Borracha
Caso você tenha histórico de alergia, utilize luva e mascara para realizar esse processo.


























Nenhum comentário:

Postar um comentário