Translate

16 de dez de 2015

O Lado Bom da Vida.

Quando um homem casado e financeiramente independente tem um surto, após algo que nem mesmo ele se lembra, e perde não só a sua estabilidade mental, mas a esposa, os bens e a independência,a história que retrata a sua ludta para reconquistar o seu lugar no mundo tem tudo para ser a mais triste das histórias. Mas, mesmo contando a vida desse homem, que perdeu tudo, o lado bom da vida não luta para ser o mais trágicos dos romances.

Pat, o personagem principal, acaba de reconquistar a sua liberdade, ele não sabe bem quanto to tempo ficou no "lugar ruim", e nem o que se passou nos dias que antecederam a sua internação, ou durante todo esse período, ele nem sabe quanto tempo ficou lá. Mas ele tem certeza de uma coisa, seu maior objetivo é reconquistar o amor de sua mulher.

Ele e a mulher estão impedidos de se ver judicialmente e então Pat encara esse tempo em que estão separados como um espaço, a ele concedido, para se tornar o Homem melhor.

Eu confesso que fiquei apaixonada pelo personagem, com toda a sua inocência com relação a vida, em sua dificuldade para entender novamente como o mundo funciona. Torci por ele o livro todo, não para que ele reconquistasse a sua mulher, mas para que reconquistasse sua independência e os laços afetivos que se afrouxaram com a sua ausência.

O livro é repleto de cenas ilarias, e mesmo as situações mais tensas, quando narradas sobre os olhares de Pat se tornam leves e engraçadas, por que agora ele vê apenas o lado bom da vida.
Ela balança a cabeça e aponta para o televisor.

"A tela está rachada e parece uma teia de aranha.
— O que aconteceu?
— Seu pai quebrou a tela da TV com o abajur de leitura.
— Porque os Eagles perderam?
— Não. Na verdade, ele fez isso quando os Giants empataram
o jogo no final do último quarto. Seu pai teve de assistir à derrota
dos Eagles na televisão do dormitório — explica minha mãe." ( Quick, M,2004.)" 



Tiffany também passou por algo que a traumatizou para sempre, depois da morte do marido ela passou a ser reclusa, manipuladora e instavel.  O surgimento da amizade improvável, entre esses dois seres que já perderam tudo o que possuíam, é maravilhoso de se acompanhar.

O livro fala muito sobre a ridicularização da depressão, de como essa doença, mesmo sendo uma das que mais mata, ainda é subestimada e como as pessoas que a possuem são ridicularizadas. Fala ainda de superação, de aceitação e de como o apoio de amigos é importante na nossa vida.
"— Se Terrell Owens está realmente deprimido ou mentalmente instável, por que as pessoas que eu amo usam isso como uma desculpa para falar mal dele? " ( Quick, M,2004.) "

Essa é uma das poucas capas de filme que eu achei realmente bonita, adoro como os atores estão sorrindo, e como as frases impressas entre os dois representam bem o livro. O filme é bem legal, mas para variar, o livro passa uma emoção única.

Para se ler de uma vez só, impossível de largar, e capaz de causar um ressaca literária e tanto.


Nenhum comentário:

Postar um comentário